Caixa Econômica Federal lança linha de crédito imobiliário com taxa fixa

Krisanapong Detraphiphat/Getty Images
As condições da nova linha de crédito para os clientes da Caixa são válidas para imóveis residenciais novos e usados, com quota de financiamento de 80%

A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (20) a criação de uma nova linha de crédito imobiliário com taxa fixa, que passará a vigorar a partir de amanhã (21), o que, segundo o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, dará maior previsibilidade aos tomadores de empréstimo.

“Vamos permitir que pessoas tomem empréstimo por 20, 30 anos sabendo desde o primeiro dia quanto vão pagar”, afirmou Guimarães em evento no Palácio do Planalto para o lançamento do produto.

LEIA MAIS: Caixa Econômica Federal tem lucro de R$ 4,9 bi no 4º trimestre

As condições da nova linha de crédito para os clientes da Caixa são válidas para imóveis residenciais novos e usados, com quota de financiamento de 80%. O cliente poderá escolher entre sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e PRICE, até 240 meses.

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, Guimarães pontuou que os juros cobrados da linha de crédito variam entre 8%, taxa mínima, a 9,75%, percentual máximo, a ser cobrado para casos sem relacionamento.

Segundo informações do banco, com relacionamento, a taxa varia entre 8% a 9,5% ao ano. Já para casos sem relacionamento, a taxa está fixada em 9,75% ao ano.

“Nossa taxa começa em 8%, 8,5%, 9%… com relacionamento, e até 9,75%. O que é importante? Nós estamos começando. Nosso foco é começar com operações de R$ 10 bilhões. Vamos avaliar, e podemos reduzir. Essas são as faixas máximas”, afirmou, destacando que tais alíquotas já contemplam uma margem da Caixa para realizar hedge.

Ainda de acordo com Guimarães, a taxa fixa permite transferir o risco do cliente ao banco, trazendo mais previsibilidade das prestações. Ele também afirmou que abre margem para a securitização, venda da carteira, e o alinhamento do mercado a práticas já consolidadas em mercados maduros.

Guimarães já havia anunciado em janeiro que a instituição financeira lançaria ao mercado, em março, uma linha imobiliária prefixada.

VEJA TAMBÉM: Caixa Econômica prepara PDV e reformulação da estrutura administrativa

A medida anunciada hoje compõe mais uma das investidas do executivo em aumentar as linhas de negócio relacionadas ao financiamento imobiliário, tendo como base a liderança do banco no setor.

Anteriormente, no segundo semestre de 2019, o banco já havia anunciado uma linha indexada ao IPCA, principal índice de inflação do Brasil.

Assim, a estratégia de Guimarães é de que metade do que for originado nas duas linhas seja securitizado e ofertado a investidores.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).