Caixa Seguridade diz que Caixa decidiu suspender IPO

Reuters
O IPO da Caixa Seguridade pretendia levantar mais de R$ 10 bilhões

Caixa Seguridade comunicou na noite de ontem (11) que sua controladora Caixa Econômica Federal decidiu interromper a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de seu braço de seguros e previdência, citando a “atual conjuntura do mercado”.

O anúncio confirma a reportagem da Reuters publicada na segunda-feira (9), que afirmava que a Caixa decidira suspender a oferta em meio à turbulência das bolsas de valores causada pela forte queda nos preços do petróleo e temores dos investidores sobre a epidemia de coronavírus.

VEJA MAIS: Coronavírus e derrocada dos mercados fazem Caixa Seguridade suspender IPO

“Em decorrência da decisão da Caixa, a Caixa Seguridade, encaminhará à B3 o pedido de interrupção da análise da documentação referente à sua admissão e listagem no Novo Mercado”, afirmou a companhia no comunicado da véspera.

O IPO da Caixa Seguridade pretendia levantar mais de R$ 10 bilhões e era a maior oferta de ações esperada até agora para 2020.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).