IPO da Vamos pode movimentar até R$ 1,5 bilhão

Nacho Doce/Reuters
O preço máximo da faixa estimada pelos coordenadores da oferta é de R$ 15 a R$ 20,20 por ação

A locadora de veículos pesados Vamos, controlada pela empresa de logística JSL, anunciou ontem (5) o calendário de sua oferta inicial de ações, que pode movimentar até R$ 1,5 bilhão.

De acordo com o aviso ao mercado, a operação base compreende a oferta primária – papéis novos, cujos recursos vão para o caixa da companhia – de 36,666 milhões de ações, além de outras 19,4 milhões da oferta secundária – títulos detidos por atuais sócios da empresa.

LEIA MAIS: Locadora Vamos, da JSL, pede registro para IPO

A empresa, porém, terá a opção de vender um lote adicional de até 11,2 milhões de ações e outra tranche suplementar de até 8,41 milhões de ações, alternativa em geral usada para atender casos em que há excesso de demanda do mercado.

A oferta pode chegar a até R$ 1,5 bilhão, levando em conta o preço máximo da faixa estimada pelos coordenadores da oferta, de R$ 15 a R$ 20,20 por ação, e a venda integral, inclusive dos lotes adicional e suplementar.

A companhia prevê no documento que a precificação da oferta ocorrerá em 25 de março, dois dias antes da estreia dos negócios com as ações da companhia no pregão da B3.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).