Ibovespa renova máxima e passa dos 100 mil pontos

Expectativa é de flexibilização generalizada de juros por BCs.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
GettyImages
GettyImages

O giro financeiro da sessão somou R$ 14,6 bilhões

Acessibilidade


O principal índice acionário brasileiro renovou sua máxima histórica hoje (21), refletindo generalizada expectativa de cortes de juros no Brasil e no exterior nos próximos meses.

VEJA TAMBÉM: Ibovespa bate recorde de fechamento

Segundo dados preliminares, o Ibovespa subiu 1,61%, aos 101.915,15 pontos. O giro financeiro da sessão, espremida entre um feriado e o fim de semana, somou R$ 14,6 bilhões.

O movimento na bolsa brasileira refletiu sobretudo um realinhamento de preços após, na véspera, o índice S&P 500 ter tido nova máxima recorde, com impulso das expectativas de que o Federal Reserve reduzirá taxas de juros dos Estados Unidos, para compensar possíveis efeitos negativos da guerra comercial do país com a China.

Na quarta-feira (19), os comitês de política monetária dos Estados Unidos (Fomc) e do Brasil (Copom) mantiveram as taxas básicas de juros em suas jurisdições, mas os comunicados que se seguiram foram percebidos pelo mercado como abertura de caminho para cortes de taxas mais adiante, o que animou investidores.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Compartilhe esta publicação: