Fortuna de Elon Musk aumenta US$ 2 bi depois de resultados da Tesla

Reprodução Forbes
Bilionário é agora o 21º na lista Forbes 400, dos mais ricos dos EUA

Resumo:

  • A fortuna do bilionário Elon Musk aumentou em US$ 2 bilhões depois da divulgação dos resultados da Tesla no terceiro trimestre;
  •  A montadora registrou lucro por ação de US$ 1,86, enquanto analistas esperavam perdas de US$ 0,42 por ação;
  • O bilionário self-made de 48 anos é atualmente a 21ª pessoa mais rica dos EUA, dois lugares acima e US$ 3 bilhões a mais em relação à lista Forbes 400 publicada no início de outubro.

A Tesla arrasou as expectativas de Wall Street com seu anúncio de ganhos do terceiro trimestre na semana passada, enriquecendo o CEO e fundador, Elon Musk, no processo.

LEIA MAIS: Tesla se torna montadora mais valiosa dos EUA

Após o fechamento do mercado em 23 de outubro, a montadora registrou lucro por ação de US$ 1,86, enquanto analistas esperavam perdas de US$ 0,42 por ação. O lucro ajustado de US$ 342 milhões da Tesla ocorre após dois trimestres seguidos de perdas, que Wall Street esperava que se mantivesse.

As ações da Tesla dispararam quase 24% na última semana, aumentando o patrimônio líquido de Musk em US$ 2 bilhões, para US $ 22,9 bilhões. Atualmente, o bilionário self-made de 48 anos é a 21ª pessoa mais rica dos EUA, dois lugares acima e US$ 3 bilhões a mais em relação à lista Forbes 400 publicada no início de outubro.

Musk possui quase 22% das ações da Tesla, que representam cerca de metade de sua fortuna. Ele também tem uma participação estimada em US$ 12,5 bilhões na SpaceX, sua empresa aeroespacial de capital fechado conhecida por foguetes reutilizáveis.

No comunicado dos resultados do terceiro trimestre, Musk destacou que a Tesla está adiantada nos preparativos do Modelo Y, acelerando o lançamento esperado do novo SUV compacto para o verão de 2020. Ele também divulgou o novo recurso Smart Summon, que permite que Teslas naveguem automaticamente em estacionamentos e calçadas quando o proprietário define um destino a até 30 metros no aplicativo.

Os reguladores de segurança automotiva dos EUA disseram à Forbes no início de outubro que estão investigando relatórios de acidentes envolvendo o Smart Summon. Musk afirmou que o recurso foi usado um milhão de vezes, e a Tesla lançará em breve uma versão melhorada usando os dados do piloto.

VEJA TAMBÉM: SpaceX, de Elon Musk, é acusada de burlar regras de envio de satélites

“O próximo passo será o autocontrole total, com o Smart Summon sendo o começo disso”, disse Musk. Ele previu cautelosamente que a Tesla concederá acesso antecipado a recursos completos de direção autônoma até o final do ano.

Apesar da surpresa nos lucros, a receita de US$ 6,35 bilhões da Tesla representa uma queda de 8% ano a ano. Muitos analistas expressaram preocupação com o declínio e a possibilidade de Tesla estar supervalorizada. “Com isso em mente, temos de questionar se o prêmio de avaliação atribuído à empresa como um unicórnio de ‘crescimento’ ou ‘tecnologia’ é realmente justificado”, escreveu o analista do Bank of America John Murphy em uma nota.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).