Caixa reduz juros e permite pausa no pagamento de prestações

Medida serve para minimizar impactos da queda na atividade econômica gerados pelo coronavírus

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

A pausa será de até 60 dias nos pagamentos de prestações de contratos de empréstimo acertados por pessoas físicas e jurídicas

Acessibilidade


A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (19) possibilidade de pausa de até 60 dias nos pagamentos de prestações de contratos de empréstimo acertados por pessoas físicas e jurídicas, incluindo os habitacionais.

O banco estatal afirmou que a medida serve para minimizar impactos da queda na atividade econômica gerados pelo pânico em torno da pandemia de coronavírus.

LEIA MAIS: Caixa Econômica Federal lança linha de crédito imobiliário com taxa fixa

A instituição também diz que reduziu juros nas linhas de crédito pessoal (consignado a partir de 0,99% ao mês, penhor a partir de 1,99% e CDC a partir de 2,17%). Para micro e pequenas empresas, o banco informou que haverá “redução de juros de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% ao mês”.

A redução dos juros ocorreu depois que o Copom cortou na véspera, em 0,5 ponto percentual, a Selic para nova mínima histórica de 3,75%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: