Fragrâncias brasileiras movimentam € 222 milhões

Brasil é o segundo maior mercado do mundo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

A indústria brasileira é responsável pela contribuição de quase metade do valor agregado pela América Latina no setor

Acessibilidade


O Brasil é o segundo maior mercado de fragrâncias do mundo, segundo Lúcia Lisboa, vice-presidente da divisão de fine fragrances Latam da suíça Givaudan, a maior indústria de fragrâncias do mundo. Realizado pela Associação Internacional de Fragrâncias (Ifra), o estudo Value of Fragrance aponta que a indústria brasileira é responsável pela contribuição de quase metade do valor agregado pela América Latina no setor.

Argentina, Chile, Colômbia, México e Brasil juntos contribuíram com € 501 milhões. O Brasil, sozinho, contribuiu com € 222 milhões em 2017.

LEIA MAIS: 8 melhores e mais marcantes perfumes femininos

Lúcia também explica que, em termos de qualidade do produto, não há nada que diferencie a produção brasileira das produções estrangeiras. “O Brasil é rico em matérias-primas usadas pela indústria, como cumaru, pimenta-rosa, copaíba, guaraná e mate.”

Reportagem publicada na edição 74, lançada em janeiro de 2020

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: