Embraer e EDP fazem parceria em pesquisa de avião elétrico

Primeiro voo da aeronave está previsto para 2021

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Embraer e EDP fazem parceria em pesquisa de avião elétrico

Acessibilidade


A Embraer informou hoje (20) que fez parceria com o grupo português de energia EDP para o desenvolvimento de uma aeronave de propulsão 100% elétrica que tem o primeiro voo previsto para o próximo ano.

LEIA MAIS: Ânima compra startup de realidade virtual

A EDP fez um “aporte financeiro para a aquisição da solução de tecnologia de armazenamento de energia e recarga do avião demonstrador de tecnologia de propulsão 100% elétrica, que utiliza um EMB-203 Ipanema como plataforma de testes”, afirmou a Embraer em comunicado à imprensa.

O valor do investimento da EDP não foi revelado.

Além da EDP Brasil, a Embraer tem parceria com a fabricante brasileira de motores elétricos Weg, formalizada em maio do ano passado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Segundo a Embraer, a parceria com a EDP Brasil envolve “pesquisa em torno do armazenamento de energia de alta tensão”.

Os estudos para o desenvolvimento de um avião movido a eletricidade ocorrem em um momento em que as rivais maiores Airbus e Boeing avaliam o uso de tecnologia de propulsão híbrida (elétrica e a combustão) para a próxima geração de aviões, disse o presidente da Air Lease Corp AL.N, Steven Udvar-Hazy, durante um fórum do setor nesta semana.

A Airbus afirmou no ano passado que estava considerando produzir um avião híbrido até 2035, e a Rolls-Royce anunciou em março que espera que aviões com propulsão híbrida possam transportar cerca de 100 pessoas em voos comerciais até 2029. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: