Glassdoor divulga lista dos 50 Melhores Lugares para Trabalhar no Brasil

Divulgação
Divulgação

Empresas da lista são aquelas que colocam a cultura, a missão e as pessoas no centro de tudo o que fazem

Um dos maiores sites de recrutamento e vagas do mundo, o Glassdoor anunciou hoje (11), pela primeira vez no Brasil, o prêmio Melhores Lugares para Trabalhar – Escolha dos Profissionais, feito com base na contribuição de funcionários que, voluntariamente e de forma sigilosa, fornecem seu feedback sobre as empresas nas quais trabalham.

Lançada simultaneamente em nove países, a iniciativa inédita por aqui escolheu 50 empresas, determinadas por meio de um algoritmo proprietário. A nota de cada companhia leva em conta a quantidade, qualidade e consistência das avaliações enviadas por funcionários sediados no Brasil entre 23 de outubro de 2018 e 21 de outubro de 2019. As notas vão de 1 a 5, sendo 1 muito insatisfeito e 5 muito satisfeito. Os cálculos reais se estendem além da milésima casa decimal.

LEIA MAIS: Sinceridade na hora da entrevista de emprego é essencial, diz Luciana Caletti, da Glassdoor

“Este novo ano vai marcar o início de uma década ‘culture-first’, em que a cultura do local de trabalho ganha cada vez mais relevância. Os vencedores do prêmio são empresas que colocam a cultura, a missão e as pessoas no centro de tudo o que fazem. E, por isso, seus funcionários as reconhecem como os Melhores Lugares para Trabalhar em 2020”, diz Christian Sutherland-Wong, presidente, diretor de operações e futuro CEO do Glassdoor. “Além disso, os vencedores deste ano se destacam por promover a transparência, oferecer oportunidades de crescimento na carreira e valorizar o trabalho impulsionado por impacto e propósito.”

Veja, a seguir, os 50 Melhores para Trabalhar no Brasil em 2020 e suas respectivas notas:

1.SAP (Nota: 4,6)
2.ThoughtWorks (Nota: 4,5)
3.Google (Nota: 4,5)
4.Takeda Pharmaceuticals (Nota: 4,5)
5.Banco Votorantim (Nota: 4,5)
6.MetLife (Nota: 4,5)
7.Bain & Company (Nota: 4,5)
8.Eurofarma (Nota: 4,5)
9.McKinsey & Company (Nota: 4,5)
10. Nubank (Nota: 4,4)
11. Globosat (Nota: 4,4)
12. Tokio Marine Holdings (Nota: 4,4)
13. Volvo Group (Nota: 4,4)
14. CI&T (Nota: 4,4)
15. Scania (Nota: 4,4)
16. Edenred (Nota: 4,4)
17.Syngenta (Nota: 4,4)
18. Creditas (Nota: 4,4)
19. Amazon (Nota: 4,4)
20. Dell Technologies (Nota: 4,4)
21. Magazine Luiza (Nota: 4,4)
22. Loggi (Nota: 4,4)
23. Icatu Seguros (Nota: 4,4)
24. Cargill (Nota: 4,4)
25. Autoglass (Nota: 4,4)
26. B3 (Nota: 4,4)
27. Roche (Nota: 4,4)
28. Siemens (Nota: 4,4)
29. International Paper (Nota: 4,4)
30. Mercado Livre (Nota: 4,4)
31. John Deere (Nota: 4,3)
32. Basf (Nota: 4,3)
33. BRQ (Nota: 4,3)
34. Mars (Nota: 4,3)
35. Azul Linhas Aéreas (Nota: 4,3)
36. Microsoft (Nota: 4,3)
37. Bayer (Nota: 4,3)
38. Petrobras (Nota: 4,3)
39. Johnson & Johnson (Nota: 4,3)
40. Braskem (Nota: 4,3)
41. Oracle (Nota: 4,3)
42. Robert Bosh (Nota: 4,3)
43. BV Financeira (Nota: 4,3)
44. Elektro Eletricidades e Serviços (Nota: 4,3)
45. Henkel (Nota: 4,3)
46. Suzano (Nota: 4,3)
47. Avanade (Nota: 4,3)
48. Senior Sistemas (Nota: 4,3)
49. Klabin (Nota: 4,3)
50. The Coca-Cola Company (Nota: 4,3)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).