No ponto: Contrata-se ou contratam-se?

Quando em dúvidas, uma dica de Cíntia Chagas é observar o sujeito da oração.

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Qual é a forma certa de publicar os anúncios da sua vaga?

Acessibilidade


Início de ano, época de mudanças nas equipes e, por conseguinte, dos famigerados anúncios de contratação nas empresas: Contrata-se estagiários ou contratam-se estagiários? Vamos à resposta, mas devagar com o andor, que o santo é complicado, digo, de barro.

O correto é “Contratam-se estagiários.”, com o verbo no plural, pois estagiários é o sujeito (e o verbo sempre concorda com o sujeito). Todavia, a dificuldade, nesse caso, não reside em entender que o verbo concorda com o sujeito, mas em aceitar que o sujeito é estagiários, afinal, alguém está contratando, não é mesmo? E esse alguém não seria, então, o sujeito? Por que o sujeito é estagiários se os estagiários são justamente os alvos da contratação?

SAIBA MAIS: No ponto: Três erros de português que você comete

Porque, ao passar a frase “Contratam-se estagiários.” para a voz passiva analítica (ela está na voz passiva sintética, caso queira saber), tem-se “Estagiários são contratados.”, enunciado que elucida que o sujeito é estagiários. Ou seja: basta passar para a voz passiva analítica. Assim, vendem-se apartamentos, porque apartamentos são vendidos; compram-se casas, porque casas são compradas; contratam-se estagiários, porque estagiários são contratados. E se houver o “de”, como em “Precisa-se de ajudantes.”? Bem, isso já é conversa para outro artigo.

Até semana que vem.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: