Tribunal deixa Ghosn acessar residência no Rio

Nissan diz que propriedade tem evidências contra o executivo.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Nissan diz que propriedade tem evidências contra o executivo

Acessibilidade


Um tribunal brasileiro decidiu hoje (12) que o executivo Carlos Ghosn deve ter acesso a um apartamento no Rio de Janeiro para recuperar pertences pessoais, segundo decisão vista pela Reuters.

LEIA MAIS: Carlos Ghosn queria recuperar dinheiro e obras de arte no RJ

Ghosn e a montadora japonesa Nissan têm discutido na justiça sobre o acesso ao apartamento, após o executivo ter sido preso em Tóquio acusado de fraude financeira.

A Nissan afirma que o apartamento tem três cofres que podem conter evidências contra Ghosn.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: