Luma Costa, atriz e empresária: "Empreender me atraiu pelo desafio"

Donata Meirelles
Compartilhe esta publicação:
Ita Mazzutti
Ita Mazzutti

Luma Costa começou a empreender em 2021, com uma marca de casa e decoração

Acessibilidade


Esta foi uma semana importante para a carioca Luma Costa. Na última terça-feira (15) ela abriu as portas do showroom de sua marca de homewear e lifestyle Casa Costa, no Itaim Bibi, em São Paulo. “Além da abertura, lançamos nossa coleção Páscoa, de tableware, que está linda”, conta orgulhosa.

Há menos de um ano, em maio de 2021, Luma deu um passo decisivo como empreendedora transformando em negócio sua paixão pelo décor e a arte de receber. “Sempre gostei de reunir a família e os amigos, cuidando de todos os detalhes. Mesmo que fosse para servir amendoim, eu caprichava na louça e nos acessórios”, lembra.

VEJA TAMBÉM: Alessandra Blanco: “A inclusão é, antes de tudo, uma jornada”

Assim, a marca que nasceu em plena pandemia como e-commerce aumenta o gesto para além do digital, proporcionando a experiência presencial de seus produtos e lifestyle aos consumidores. Luma chama de “tablescape” as oito linhas que reúnem copos, louças, talheres e acessórios para diferentes momentos e comemorações.

A resposta do público tem sido mais que animadora: “O business plan em vendas que tínhamos para um ano aconteceu em dois meses”, informa e diz que a ideia é acompanhar a demanda dos consumidores, trabalhar o posicionamento da marca e, claro, “vestir a casa toda”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Na verdade, Luma vem exercitando o côté de empreendedora há algum tempo, desde que se tornou sócia na marca sustentável de beleza Up2You de produtos veganos de alta performance. “Adorei poder trabalhar com uma marca não só com a minha imagem, mas também participando do processo criativo e na tomada de decisões”, comenta.

É claro que o público em geral conhece Luma Costa antes dela se tornar empresária. O sucesso é seu antigo amigo que começou a cultivar ainda menina, em 2001, quando iniciou a carreira de atriz. Participou de várias novelas e séries na Globo e Record, entre elas “Malhação”, “Sítio do Pica Pau Amarelo” e “Fina Estampa”. Mas, sobretudo, a série “Pé na Cova”, onde seu personagem se chamava Odete Roitman – uma citação à arquivilã do mega sucesso “Vale Tudo” – e contracenava com os ícones Marília Pêra e Miguel Falabella e a cantora Mart’nália.

“Nunca vou deixar de ser atriz, porém participar de uma novela é uma rotina que não cabe no meu momento atual. Vivo em São Paulo com meu marido, meus dois filhos – 7 e 3 anos – e tenho duas empresas”, declara. “Mas… se surgisse um projeto pontual que eu me apaixonasse e quisesse muito, acho que até faria”, considera.

VEJA TAMBÉM: Malu Barretto esquenta os tamborins para volta do Carnaval na Sapucaí

Sobre o sucesso, Luma é direta: “Vai além do business. É  conseguir realizar projetos, colocar ideias em prática e se sentir realizada. Meu sucesso é a minha família. E poder impactar as pessoas positivamente”.

A seguir, os principais trechos da conversa com a empresária e atriz Luma Costa:

Master class

“Na inauguração do showroom, fui tirar uma foto com duas pessoas e notei que estava com os dois braços por trás delas. Imediatamente me lembrei do que Marília Pera me ensinou: quando tiramos uma foto, um dos nossos braços sempre deve estar para frente. Aí pensei do privilégio que foi ter trabalhado e aprendido com essa grande diva – que em cena eu inclusive chamava de mãe. Eu tinha 19 anos quando comecei a fazer ‘Pé na Cova’ e essa convivência durou cinco anos. Foi um verdadeiro presente que eu ganhei da vida”

Mudança de canal

“No início, a transição de atriz para empreendedora foi difícil. Eu trabalhava na maior emissora do país e tinha uma carreira artística consolidada. Porém, sou um ser inquieto e gosto de sair da zona de conforto. O que me atraiu para o empreendedorismo foi a criatividade e o desafio. Ao mesmo tempo, não abandonei meu público, porque continuo me comunicando com ele nas redes sociais, sem precisar de um veículo para fazer o meio de campo. Hoje eu sou meu próprio veículo. Na verdade, me sinto uma grande comunicadora.”

O melhor elenco

“Para mim, cuidar da casa, deixar tudo em ordem e receber os amigos é um verdadeiro ritual. Durante a época do ‘Pé na Cova’, fazia muitas reuniões em casa, convidava os colegas de elenco e a Mart’nália tocava violão. Todo mundo comentava como eu era caprichosa com a decoração e nos detalhes. Eu acredito que esses momentos em que reunimos a família e os amigos são muito especiais.”

Tá na mesa

“Existem no mercado varias marcas tradicionais de tableware muito boas. Por isso pensamos em fazer uma coisa mais atual, cool e descolada e falamos com um público mais jovem. Tivemos um crescimento no Instagram (@casacosta) por conta do nosso conteúdo que mostra como arrumar e coordenar os produtos em vários tipos de mesas e ocasiões. Também experimentamos com uma coleção-cápsula de roupas de cama em edição limitada. E foi um sucesso.”

RSVP

“No showroom o atendimento é feito com hora marcada então é como receber amigos. Há espaço para organizar um evento, um happy hour ou um jantar. E até uma cozinha aberta onde gravo vídeos e recebo convidados para fazer receitas. A ideia, claro, é abrir lojas em outros lugares do Brasil.”

Siga em frente

“Estou equilibrando vários pratos e gosto de dizer aos meus seguidores e seguidoras que nós mulheres somos multitarefa e, por isso, damos conta de tudo. Gosto de dizer para eles que podemos ser aquilo que quisermos e não se deve ter medo de se jogar para colocar as ideias em prática. Desafios são sempre positivos.”

Com Mario Mendes

Donata Meirelles é consultora de estilo e atua há 30 anos no mundo da moda e do lifestyle.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: