Vendas no varejo dos EUA têm alta inesperada em agosto

Uma das prováveis causas do aumento foram as compras de volta às aulas e pagamentos de crédito fiscal infantil do governo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Jeenah Moon/Reuters
Jeenah Moon/Reuters

O varejo norte-americano cresceu 0,7% no mês passado

Acessibilidade


As vendas no varejo dos Estados Unidos cresceram inesperadamente em agosto, provavelmente impulsionadas pelas compras de volta às aulas e pagamentos de crédito fiscal infantil do governo, o que pode reduzir as expectativas de uma desaceleração acentuada no crescimento econômico no terceiro trimestre.

As vendas no varejo subiram 0,7% no mês passado, informou o Departamento de Comércio hoje (16). Os dados de julho foram revisados para baixo, mostrando que as vendas no varejo caíram 1,8%, em vez de 1,1%, conforme publicado anteriormente.

VEJA TAMBÉM: Produção manufatureira dos EUA arrefece com força em agosto

Economistas ouvidos pela Reuters previam que as vendas no varejo cairiam 0,8%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: