Tim Stokely, fundador do OnlyFans, deixa cargo de CEO

Stokely passou o cargo para Amrapali “Ami” Ga, que está na empresa desde 2020.

Carlie Porterfield
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Colaborador/Getty Images
SOPA Images/Colaborador/Getty Images

Stokely passou o cargo de chefe executivo para Amrapali “Ami” Ga, que está na empresa desde 2020 e já atuou como diretor de marketing e comunicações.

Acessibilidade


O fundador do OnlyFans, Tim Stokely, deixará de ser CEO da plataforma de mídia social baseada em assinatura preferida por profissionais do sexo e artistas adultos. A empresa anunciou na terça (21) o fim do reinado de cinco anos de Stokely sobre a OnlyFans, período em que a empresa passou por um grande crescimento e lutou para saber como lidar com conteúdo sexualmente explícito na plataforma.

Stokely passou o cargo de chefe executivo para Amrapali “Ami” Ga, que está na empresa desde 2020 e já atuou como diretor de marketing e comunicações.

Stokely permanecerá como consultor durante a transição, de acordo com a empresa.

O OnlyFans, muito conhecida pelo conteúdo pornográfico hospedado na plataforma, possui 180 milhões de usuários registrados que seguem mais de dois milhões de criadores. 

De acordo com a empresa, o OnlyFans pagou US$ 5 bilhões para criadores da plataforma desde 2016.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Stokely liderou o OnlyFans durante o boom nos negócios no início da pandemia do coronavírus. A receita disparou 540% no ano passado e chegou a US$ 400 milhões no final de 2020. Em agosto, a empresa afirmou que esperava arrecadar US$ 1,2 bilhão até o final de 2021. 

No entanto, o OnlyFans tem enfrentado dificuldades para atrair investidores por causa do conteúdo sexual que hospeda. Stokely disse que a empresa enfrentou a pressão de instituições bancárias para cortar relações com profissionais do sexo. Em agosto, a companhia anunciou que iria banir conteúdos sexualmente explícitos, mas voltou atrás menos de uma semana depois por causa da reação dos usuários.

Compartilhe esta publicação: