Oracle tem resultado acima do esperado com demanda por computação em nuvem

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


BENGALURU, Índia (Reuters) – A Oracle superou as estimativas de Wall Street para lucro e receita trimestrais, impulsionada por demanda por produtos de computação em nuvem.

As ações da empresa, cuja receita no quarto trimestre fiscal saltou 5%, subiram cerca de 12% nas negociações pós mercado na véspera.

“Acreditamos que esse crescimento de receita indica que nosso negócio de infraestrutura agora entrou em uma fase de hipercrescimento”, disse a presidente-executiva da Oracle, Safra Catz, em comunicado.

A Oracle disse que espera um crescimento substancial da receita dos negócios de computação em nuvem, apesar do aumento da inflação e do dólar mais forte.

A empresa alertou para um impacto de 100 milhões de dólares por trimestre no ano fiscal de 2023 como resultado da suspensão de serviços na Rússia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No entanto, espera um crescimento de receita no primeiro trimestre fiscal entre 17% e 18%, impulsionado pela aquisição da empresa de tecnologia da informação voltada à área de saúde Cerner, por 28 bilhões de dólares.

A empresa espera lucro por ação ajustado no primeiro trimestre entre 1,04 e 1,08 dólar em comparação com a estimativa média dos analistas de 1,13 dólar.

A receita do quarto trimestre fiscal encerrado em 31 de maio cresceu para 11,84 bilhões de dólares, acima da estimativa média dos analistas de 11,66 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

Excluindo eventos não recorrentes, a empresa teve lucro de 1,54 dólar por ação, superando as estimativas que apontava para 1,37 dólar por papel, em média.

(Por Akash Sriram e Chavi Mehta)

Compartilhe esta publicação: