Ibovespa tem leve queda puxado por Petrobras e JBS

Reuters
O giro financeiro da sessão somou R$ 20,8 bilhões

O principal índice da B3 fechou em leve baixa hoje (5), sob pressão das ações de JBS e Petrobras, movimento parcialmente contrabalançado por ganhos de ações financeiras.

LEIA MAIS: Ibovespa crava nova máxima de fechamento

O Ibovespa fechou em queda de 0,06%, a 108.719,02 pontos. O giro financeiro da sessão somou R$ 20,8 bilhões.

Com o cenário internacional tranquilo, as atenções do mercado se voltaram para o noticiário local, que foi extenso.

Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, entregaram três Propostas de Emendas à Constituição (PEC) do novo pacto federativo ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Guedes avaliou que o ambiente no Congresso é receptivo às iniciativas, mas reconheceu que o tempo de apreciação de cada uma dessas PECs deve variar.

“Não existe nenhuma chance de alguma dessas propostas tramitar ainda esse ano”, afirmou a corretora BGC, acrescentando que o evento foi um ato político, sem efeito prático.

Investidores também repercutiram a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária, divulgada pela manhã. Nela, o BC reiterou que deve cortar o juro básico em 0,5 ponto percentual em sua próxima e última reunião do ano.

VEJA TAMBÉM: Ibovespa avança 0,9%, com menor temor de recessão global

Na agenda corporativa, o destaque negativo foi JBS, que caiu forte após o procurador-geral da República, Augusto Aras, ter pedido rescisão dos acordos de delação premiada firmados por ex-executivos da companhia.

Também pressionando o Ibovespa, as ações da Petrobras recuaram, um dia antes do leilão do pré-sal.

TIM divulga seu balanço trimestral ainda nesta terça-feira. Após o fechamento do pregão, Engie anunciou que teve lucro líquido de R$ 742,7 milhões no terceiro trimestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).