Ibovespa hoje: Bolsa fecha em queda após dia de mercados voláteis

Os destaques positivos da sessão incluíram os papéis da JHSF (JHSF3), Natura & Co (NTCO3) e Locaweb (LWSA3).

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (21) em queda de 0,15%, a 108.941 pontos, invertendo o sentido da maior parte da sessão, mas acumulando alta de 2% na semana. As ações de commodities e do setor financeiro pressionaram o índice, que contou com volatilidade adicional por conta do vencimento de opções sobre ações.

“Como de costume, o volume de negociação é menor na sexta-feira em relação aos demais dias, visto que o investidor tem uma aversão a ficar posicionado no final de semana”, comenta Felipe Graciano, especialista em renda variável da Blue3.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Mais cedo, o desempenho positivo do índice foi apoiado nos discursos de Paulo Guedes, ministro da Economia, em evento do Fórum Econômico Mundial. O ministro afirmou que o Brasil foi ágil ao elevar os juros para conter a inflação, algo que os demais países só começaram a fazer agora.

Os destaques positivos da sessão incluíram os papéis da JHSF (JHSF3), Natura & Co (NTCO3) e Locaweb (LWSA3), que avançaram 5,80%, 4,28% e 4,17%, respectivamente.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em Wall Street, as bolsas encerraram o dia no vermelho. O Dow Jones caiu 1,30%, a 34.265 pontos; o S&P 500 cedeu 1,89%, a 4.397 pontos; e o Nasdaq recuou 2,72%, a 13.768 pontos.

A grande pressão negativa sobre os índices – especialmente o Nasdaq – veio da Netflix (NFLX), cujos papéis fecharam em queda de 21,79%, após a empresa divulgar resultados financeiros aquém do esperado pelo mercado.

As ações de empresas de tecnologia e mídia, incluindo Walt Disney Co (DIS), ViacomCBS (VIAC) e Roku (ROKU), que investiram pesadamente em streaming, também registraram quedas, que variaram entre 6,94% e 9,10%.

“Os vencedores da pandemia estão sob pressão e isso provavelmente continuará. Se todo mundo já tem Netflix, é difícil melhorar o crescimento de assinantes”, diz John Lynch, diretor de investimentos da Comerica Wealth Management.

O dólar encerrou o dia com avanço de 0,72%, negociado a R$ 5,4542 na venda, a maior alta desde a primeira sessão do ano, em meio ao clima negativo nas praças financeiras globais. Ainda assim, a divisa encerrou a semana em baixa de 1,06%. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: