6 carros únicos e exclusivos criados pela Rolls-Royce em 2021

A divisão Bespoke da marca é especializada em personalizar veículos e atender pedidos extravagantes dos clientes .

Nargess Banks
Compartilhe esta publicação:
Rolls-Royce Bespoke/Divulgação
Rolls-Royce Bespoke/Divulgação

A Rolls-Royce Bespoke é o segmento mais luxuoso da empresa britânica

Acessibilidade


Cifras e códigos ocultos estão camuflados no design, prontos para serem descobertos. O Thunderbolt recordista de 1938 do aventureiro George Eyston inspira o teto estrelado do Dawn e Wraith. Uma colaboração com a Hermès apresenta o atelier francês e o desenho atemporal do cavalo de Pierre Péron. Essas foram apenas algumas das criações peculiares da coleção de 2021 da Rolls-Royce Bespoke.

Apesar de um momento caótico de altos e baixos pandêmicos e preocupações climáticas, o ano passado foi muito bem-sucedido para a Rolls-Royce. No total, a empresa reportou a entrega de 5.586 automóveis em 2021, com quase todos eles tendo passado por alguma customização. O que não surpreende.

VEJA TAMBÉM: Os 5 carros de luxo mais aguardados de 2022

À medida que o luxo se dirige cada vez mais para uma área de expressões individuais onde o produto (neste nível grandioso e luxuoso) tem que oferecer muito mais – ser único, atemporal, experimental –, clientes estão se voltando para a Rolls-Royce Bespoke em busca de inspiração. “Nossos artesãos continuam a promover a viabilidade sob medida, enquanto materiais preciosos e raros são usados ​​com engenhosidade”, diz o executivo-chefe Torsten Müller Ötvös.

No início de 2021, a Rolls revelou seu objeto mais exclusivo. Construído à mão, o Boat Tail de US$ 28 milhões é um verdadeiro banquete sensorial, com a longa silhueta do automóvel de inspiração náutica aparecendo como uma superfície clara singular. Na parte traseira, em um movimento inspirado nos conceitos de cantilever do arquiteto Santiago Calatrava, ao pressionar um botão o deck se abre em forma de borboleta para revelar um intrincado set de bordo com um belo espaço para garrafas de champanhe. O teatro final é cortesia das mesas de coquetel que se abrem em ambos os lados do deck, dando acesso a um conjunto de bancos projetados especialmente pelo fabricante italiano Promemoria. O Boat Tail tem tudo a ver com esses prazeres inesperados – despertando nosso senso de admiração. E tem uma aparência incrível.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Divulgação
Divulgação

Um dos maiores diferenciais do Boat Tail é sua traseira, equipada para proporcionar uma experiência gastronômica ao ar livre

Enquanto isso, na Rolls-Royce Bespoke Collection, um dos destaques de 2021 que certamente me deixou intrigado é a Wraith Kryptos Collection. Aqui, cifras ocultas são incorporadas à linguagem de design do carro. Para o olho destreinado, as pistas podem parecer simples características estéticas, mas, para quem sabe, há um código embutido aqui que pode ser resolvido em troca de um prêmio. A corrida para decifrar o código criptográfico está em andamento, já que ninguém (no momento em que escrevo) o resolveu.

Divulgação
Divulgação

Wraith Kryptos Collection

Além disso, a Rolls-Royce se uniu ao arquiteto Kengo Kuma para criar um Dawn único. O carro foi projetado para The Kita, uma nova residência de luxo em Tóquio feita por Kuma. O exterior do carro é feito em Silver Haze, um tom complexo para refletir o prata/cinza da fachada do edifício. O sol adiciona um brilho de bronze ao tom, que é espelhado pelos detalhes no exterior e no interior, enquanto os painéis de nogueira de poros abertos naturais no deck traseiro espelham o do lobby de entrada da cobertura Kita.

Divulgação
Divulgação

Rolls-Royce Dawn feito especialmente com o arquiteto Kengo Kuma

O Phantom Oribe é uma bela colaboração com a Casa Hermès. O cliente é um empresário japonês que pediu para que seu automóvel apresentasse um acabamento exterior bicolor exclusivo inspirado em sua coleção de cerâmicas japonesas Oribe antigas. Enquanto isso, o interior é revestido em couro Hermès Enea Green, e o pano “Toile H” da marca francesa adorna os apoios de braço das portas, consoles central e traseiro e forro do teto. Por fim, a galeria Phantom, que percorre toda a extensão do painel do carro, apresenta obras de arte que retratam o famoso design de cavalo do atelier, homenageando assim o trabalho de Pierre Péron, ilustrador e um dos criadores dos lenços Hermès.

Divulgação
Divulgação

Phantom Oribe

Já o Rolls-Royce Urban Sanctuary é uma nova adição ao Ghost Extended. Os elementos geométricos de madeira de mosaico, com acabamento em um verniz Obsidian Ayous de poros abertos não laqueados, lembram as persianas de madeira das janelas do pavilhão dentro dos famosos Jardins Yu, de Xangai. Há painéis bordados nas inserções dos assentos que lembram gelo rachado, enquanto os assentos são envoltos em caxemira com tons que refletem a natureza. E como a distância entre eixos mais longa do Ghost é considerada um santuário sobre rodas, os assentos reclináveis ​​têm apoios de panturrilha especialmente feitos.

Divulgação
Divulgação

Rolls-Royce Urban Sanctuary

VEJA TAMBÉM: Novo Range Rover chega com mais luxo e possibilidades de customização

Um dos pedidos mais indulgentes deve ser de um colecionador norte-americano que fez um pedido pessoal à divisão Bespoke: ele solicitou que a fachada iluminada em seu Rolls-Royce Ghost fosse adaptada para dizer “Dream” em vez de “Ghost”. Ele escreveu: “Este desejo é em referência ao sonho que tive quando jovem, nascido sob o lindo céu noturno em 1983 em Vero Beach, Flórida. É o sonho que incuto naqueles ao meu redor todos os dias e o sonho que espero que meu espírito continue para o mundo quando eu me for.” Enquanto isso, dentro do headliner, para um toque ainda mais pessoal, os artesãos trabalharam com 1.236 luzes de fibra óptica para recriar o alinhamento astronômico das estrelas sobre Vero Beach no dia em que o cliente nasceu.

Rolls-Royce Ghost com “Dream” em vez de “Ghost”

Finalmente, em mais uma viagem repleta de estrelas, a Rolls-Royce Landspeed Collection reúne 25 unidades do Black Badge Dawn e 35 carros a motor Black Badge Wraith. A inspiração é a vida aventureira de George Eyston e seu Thunderbolt que, em Bonneville Salt Flats, estabeleceu seu terceiro e último recorde mundial de velocidade terrestre, ganhando o título de homem mais rápido do mundo. No Black Badge, a estrela principal recria os céus como eles apareceram sobre os Flats naquela noite vencedora em 16 de setembro de 1938. As constelações são marcadas com precisão usando 2.117 “estrelas” de fibra óptica colocadas individualmente – o maior número alcançado pela Rolls-Royce Bespoke.

Divulgação
Divulgação

Interior da Rolls-Royce Landspeed Collection

Compartilhe esta publicação: