Após oscilar, Ibovespa cai antes de decisão do Fed

Leah Millis - REUTERS
Fed divulga decisão de política monetária hoje (29) à tarde

Após uma abertura em alta e volatilidade no fim da manhã, o Ibovespa tem queda na tarde de hoje (29), enquanto investidores aguardam a decisão do Federal Reserve para os juros básicos nos Estados Unidos.

Às 14h18, horário de Brasília, o índice caía 0,47% aos 115.934 pontos.

LEIA TAMBÉM: Ibovespa oscila enquanto mercados esperam Fed

As principais altas do Ibovespa eram da WEG (WEGE3) com valorização de 4,33% a R$ 43,83, Hypera (HYPE3) com ganhos de 3,52% a R$ 35,00, MRV (MRVE3) que subia 3,33% a R$ 20,78, Localiza (RENT3) com mais 2,34% a R$ 54,14 e BR Malls (BRML3) com avanço de 1,97% a R$ 19,17.

A Azul liderava a lista das perdas do Ibovespa, com ações em desvalorização de 3,85% a R$ 60,01, seguida de Cielo (CIEL3) com queda de 3,31% a R$ 7,01, Fleury (FLRY3) com menos 2,46% a R$ 31,70, Gol (GOLL4) que perdia 2,40% a R$ 35,32 e Sabesp (SBSP3) com recuo de 2,29% a R$ 63,02.

O anúncio da decisão sobre os Fed funds, os juros básicos nos EUA, é aguardado para daqui a pouco, às 16h, horário de Brasília. O mercado acredita que haverá uma manutenção da taxa que, atualmente, está na faixa de 1,50% a 1,75% ao ano.

O mercado também monitora o avanço do coronavírus pelo mundo. Na China, já são mais de 130 mortes. Há mais de 6 mil infectados pela doença em 17 diferentes países. Aqui no Brasil, há três casos suspeitos de contágio.

No mercado de câmbio, o dólar tem alta em relação ao real e subia 0,60% a R$ 4,21. O euro subia 0,40% a R$ 4,64.

****

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).