EUA impõem sanções a mais de 400 entidades e bilionários russos

Ação em coordenação com a União Europeia e os países do G7 também impõe sanções de bloqueio total a 17 membros do conselho da instituição financeira russa Sovcombank.

Jonathan Ponciano
Compartilhe esta publicação:
Mikhail Svetlov/Getty Images
Mikhail Svetlov/Getty Images

O bilionário russo Gennady Timchenko tem participações em várias empresas russas, incluindo a empresa de gás Novatek e a produtora petroquímica Sibur Holding, e enfrentou sanções em 2014 por seus laços estreitos com Putin.

Acessibilidade


Os EUA divulgaram hoje (24) um novo lote de sanções a mais de 400 indivíduos e entidades russas, incluindo membros da Duma russa, o chefe da maior instituição financeira do país e o empresário bilionário Gennady Timchenko – elevando o número de entidades sancionadas pelos EUA a mais de 600, disse a Casa Branca.

O Tesouro disse que sancionou 328 membros da Duma por apoiar os esforços do Kremlin para invadir a Ucrânia por meio de medidas que incluem tratados que reconhecem a autoproclamada independência de áreas do leste da Ucrânia conhecidas como República Popular de Donetsk e República Popular de Luansk.

O Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros do Tesouro também sancionou 48 empresas que fazem parte da base industrial de defesa da Rússia e que produziram armas para os militares russos, efetivamente cortando-os dos recursos tecnológicos e financeiros dos EUA.

Entre os indivíduos sancionados, o escritório listou Herman Gef, CEO do maior credor do país, o Sberbank, um facilitador da invasão devido a seus laços com o governo russo, apontando que o empresário e político tem sido um confidente próximo do presidente russo Vladimir Putin desde a década de 1990.

A ação, em coordenação com a União Europeia e os países do G7, também impõe sanções de bloqueio total a 17 membros do conselho da instituição financeira russa Sovcombank e pune o bilionário russo Gennady Timchenko e seu Grupo OOO Volga, ao mesmo tempo em que impõe novas sanções a sua esposa e sua filha.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Já sancionado pela UE, Timchenko, 69 anos, tem participações em várias empresas russas, incluindo a empresa de gás Novatek e a produtora petroquímica Sibur Holding, e enfrentou sanções em 2014 por seus laços estreitos com Putin.

Em resposta às preocupações de que a Rússia possa estar usando ativos alternativos para evitar sanções, o Tesouro também emitiu orientações especificando que as transações relacionadas ao ouro envolvendo o governo russo também estão sujeitas a sanções.

“Os Estados Unidos, com nossos parceiros e aliados, estão atingindo o coração da capacidade da Rússia de financiar e realizar sua guerra e atrocidades contra a Ucrânia. A Duma russa continua apoiando a invasão de Putin, sufocando o livre fluxo de informações e infringindo os direitos básicos dos cidadãos da Rússia. Apelamos aos mais próximos de Putin para que cessem e condenem esta guerra a sangue frio.”

Janet Yellen, secretária do Tesouro, em comunicado

Contexto

As consequências econômicas desde que o presidente russo Vladimir Putin ordenou a invasão da Ucrânia em 23 de fevereiro se intensificou em meio a uma lista crescente de sanções contra vastas áreas da economia russa – incluindo as indústrias de tecnologia, defesa e energia, instituições financeiras e as pessoas mais ricas do país. Além disso, uma série de empresas, incluindo as gigantes do petróleo British Petroleum e Shell, bem como o maior fundo soberano do mundo, anunciaram que abandonarão os investimentos ou operações russas. Especialistas alertaram que a crise tornou o país “cada vez mais ininvestível para investidores globais”. Após um mês de fechamento, a Bolsa de Valores de Moscou reabriu a negociação de ações sob uma série de pesadas restrições na quinta-feira. O índice de ações de referência da Rússia subiu 4% na quinta-feira, mas ainda caiu 33% este ano.

Mais sobre bilionários russos:

Superiate de bilionário russo é retido no Estreito de Gibraltar

Conheça os imóveis extravagantes dos bilionários russos alvos de sanções

Bilionários russos dão jeitinho profissional para escapar de sanções

O que é um oligarca? Tudo o que você precisa saber sobre os bilionários da Rússia

Saiba quais são os jatinhos e helicópteros dos bilionários russos sancionados

Compartilhe esta publicação: