Apple avisa fornecedores que demanda pelo iPhone 13 diminuiu

A empresa cortou a produção do iPhone 13 em até 10 milhões de unidades, abaixo da meta de 90 milhões, devido à escassez global de chips, mas agora informou aos fornecedores que até mesmo esses pedidos podem não se realizar.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Carlos Garcia Rawlins/Reuters

A empresa cortou a produção do iPhone 13 em até 10 milhões de unidades

Acessibilidade


A Apple disse a seus fornecedores de peças que a demanda pela linha do iPhone 13 diminuiu, informou a Bloomberg hoje (2), citando pessoas a par do assunto.

A empresa cortou a produção do iPhone 13 em até 10 milhões de unidades, abaixo da meta de 90 milhões, devido à escassez global de chips, mas agora informou aos fornecedores que até mesmo esses pedidos podem não se realizar, disse a reportagem.

LEIA TAMBÉM: Dez anos depois do 30 Under 30, fundador do Spotify acumula US$ 4,4 bilhões

A temporada de férias é o maior trimestre da Apple em termos de receita e um teste para o interesse dos consumidores nos mais recentes iPhones e MacBooks da empresa.

Analistas esperavam que a demanda ficasse praticamente estável para novos produtos, mas reduziram estimativas à medida que os problemas da cadeia de fornecimento sobrecarregaram fabricantes, com muitos parceiros varejistas alertando sobre a escassez de produtos antes da temporada de compras natalinas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, alertou em outubro que o impacto das restrições de oferta, que custou à empresa US$ 6 bilhões em vendas no trimestre anterior, será pior neste fim de ano.

A Apple e seus fornecedores 3M, Broadcom e Advanced Micro Devices não responderam imediatamente aos pedidos de comentários. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: