As 100 marcas mais valiosas do mundo em 2019

Getty Images/Michael Nagle /Stringer
Apple domina o ranking e bate recorde com valor de US$ 206 bilhões

Resumo:

  • Ranking anual com as 100 marcas mais valiosas do mundo é divulgado pela Forbes, e Apple ocupa o topo pela nona vez;
  • Avaliada em US$ 206 bilhões, empresa fundada por Steve Jobs teve queda na venda de smartphones, mas cresceu no setor de serviços;
  • Em 6° lugar, a Coca-Cola é a marca mais valiosa da lista fora do ramo da tecnologia: US$ 59,2 bilhões.

As vendas do iPhone, da Apple, caíram nos últimos trimestres, principalmente na China, onde as rivais mais baratas Huawei e Xiaomi ganharam força. A receita de smartphones da gigante de tecnologia registrou uma queda de 17% nos últimos três meses, totalizando US$ 31 bilhões, mas as ações subiram 5%. O principal motivo para estes resultados são uma receita recorde com serviços, divisão que inclui App Store, Apple Pay, iTunes e nuvem, entre outros. Atualmente, é o segundo maior segmento da Apple, depois do iPhone, com receita de US$ 37 bilhões em 2018 e expectativa de que alcance US$ 100 bilhões em 2023, segundo o Morgan Stanley. O crescimento projetado representa o poder da marca Apple.

LEIA MAIS: Grandes marcas mergulham em torneios de videogames

A empresa fundada por Steve Jobs ocupa o topo da lista anual da Forbes das marcas mais valiosas do mundo pela nona vez. Sua avaliação atual é de US$ 205,5 bilhões, quantia 12% maior em relação ao ano passado. Esta é a primeira vez que uma marca passou a faixa dos US$ 200 bilhões.

A Apple se especializou em fidelizar e levar sua base de clientes de uma categoria de produto para outra. Usuários do Mac adotaram o iPod, seguindo para o iPhone, iPad e Apple Watch. Os consumidores confiam que a marca vai funcionar perfeitamente em todas as categorias, o que ajudou a tornar a companhia sediada em Cupertino, Califórnia (Estados Unidos), a mais valiosa do mundo. O setor de serviços é a próxima fronteira para a empresa.

Enquanto a Apple se mantém no topo, o Google se aproxima da liderança com o valor de US$ 167,7 bilhões, alta de 23%. Há quatro anos, a companhia valia menos da metade da Apple.

O Google dominou o mercado de mecanismos de busca com uma participação de 92% nos últimos 12 meses, de acordo com a StatCounter (a Bing tem 2,6% e o Yahoo 1,9%). Assim como a Apple, a companhia usou sua marca para se deslocar para outras categorias de consumo, de e-mail à navegação na web, passando por mapas e armazenamento em nuvem.

Enquanto muitas marcas lutam contra a mudança de hábitos de seus clientes, as maiores da tecnologia continuam sendo “juggernauts” (organizações poderosas e em constante crescimento). A Microsoft (US$ 123,5 bilhões) e a Amazon (US$ 97 bilhões) completam o Top 4, ambas saltando mais de 20% em valor de mercado.

VEJA TAMBÉM: As 15 marcas mais relevantes em 2018

Uma marca de tecnologia que perdeu valor nos últimos 12 meses é o Facebook, que ocupa o 5° lugar no ranking. Foi a única no Top 10 a sofrer desvalorização, totalizando US$ 88,9 bilhões, 6% menos em relação ao ano passado. Neste ano, o número de usuários ativos da rede social chegou a 2,4 bilhões, mas ela tem sido prejudicada por preocupações com a proteção de dados, políticas de privacidade e notícias falsas.

Em 6° lugar, a Coca-Cola é a marca mais valiosa da lista fora do setor da tecnologia, com valor de US$ 59,2 bilhões e aumento de 3% em comparação a 2018.

As marcas em números

Juntas, as 100 marcas do ranking valem um total de US$ 2,33 trilhões, 8% a mais do que no ano passado. As empresas de tecnologia foram as que mais ganharam valor, lideradas pela gigante do e-commerce Amazon, que subiu 37% e alcançou os US$ 97 bilhões. Outras companhias que tiveram um ano lucrativo foram: Netflix (+34%), Google (+27%) e Adobe (+27%). A H&M registrou a maior queda, desvalorizando-se 12% e chegando aos US$ 11,5 bilhões. No ano passado, a varejista sueca diminuiu os preços das peças de roupa para solucionar o problema de excesso de estoque. Mais 20 marcas perderam valor, incluindo ESPN (-10%), GE (-8%) e Hyundai (-8%).

Corporações norte-americanas detêm 56 das 100 posições e ocupam 80% do Top 10. Alemanha (11 marcas), França (7) e Japão (6) foram os outros países com mais representantes no ranking. Empresas de 16 nações fazem parte da lista.

Além do domínio das marcas de tecnologia (20 dos 100 nomes na lista), os setores de serviços financeiros (13), automotivo (11), bens de consumo (10) e varejo (8) foram os que mais apareceram no levantamento.

E AINDA: Marcas para ficar de olho em 2019

Metodologia

A análise partiu de uma amostra de mais de 200 marcas globais, incluindo tanto corporativas quanto de consumo. Um dos requisitos é que elas tivessem mais do que uma simples presença simbólica nos Estados Unidos, o que eliminou alguns nomes de grande porte como a transnacional de telecomunicações Vodafone e a gigante chinesa do e-commerce Alibaba.

O primeiro passo de avaliação das marcas foi determinar receita e lucro antes de juros e impostos para cada uma delas. As informações foram reunidas a partir do relatório das empresas, da pesquisa na bolsa de Wall Street e de especialistas das indústrias. A Forbes fez uma média de lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) nos últimos três anos e subtraiu dos ganhos uma taxa de 8% do capital da marca, supondo que uma empresa comum deva ser capaz de ganhar pelo menos 8% de seu capital.

A Forbes aplicou a alíquota do imposto, de acordo com a configuração do país de origem da empresa-mãe, ao valor do lucro líquido. Em seguida, foi alocada uma porcentagem desses ganhos à marca com base no papel que as empresas desempenham em cada setor. Marcas são cruciais quando se trata de bebidas e artigos de luxo, em contraposição ao ramo de companhias aéreas e combustível, quando preço e conveniência são mais importantes na hora da compra.

Para o número de ganhos líquidos, foi aplicada a média do índice preço/lucro múltiplo dos últimos três anos para chegar ao valor final da marca. Para empresas de capital fechado, foram aplicados múltiplos de ganhos de companhias semelhantes de capital aberto.

Veja, a seguir, as 100 marcas mais valiosas do mundo em 2019:

1. Apple

Valor: US$ 205,5 bilhões
Variação em um ano: 12%
Receita: US$ 265,8 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Tecnologia

2. Google

Valor: US$ 167,7 bilhões
Variação em um ano: 27%
Receita: US$ 136,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 6,4 bilhões
Indústria: Tecnologia

3. Microsoft

Valor: US$ 125,3 bilhões
Variação em um ano: 20%
Receita: US$ 110,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,6 bilhão
Indústria: Tecnologia

4. Amazon

Valor: US$ 97 bilhões
Variação em um ano: 37%
Receita: US$ 211,4 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 8,2 bilhões
Indústria: Tecnologia

5. Facebook

Valor: US$ 88,9 bilhões
Variação em um ano: – 6%
Receita: US$ 48,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,1 bilhão
Indústria: Tecnologia

6. Coca-Cola

Valor: US$ 59,2 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 23,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 4,1 bilhões
Indústria: Bebidas

7. Samsung

Valor: US$ 53,1 bilhões
Variação em um ano: 11%
Receita: US$ 221,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,6 bilhões
Indústria: Tecnologia

8. Disney

Valor: US$ 52,2 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 33,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,8 bilhões
Indústria: Lazer

9. Toyota

Valor: US$ 44,6 bilhões
Variação em um ano: 0%
Receita: US$ 190,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 4,6 bilhões
Indústria: Automotiva

10. McDonald’s

Valor: US$ 43,8 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 96,1 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 389 milhões
Indústria: Restaurantes

11. AT&T

Valor: US$ 41,3 bilhões
Variação em um ano: -1%
Receita: US$ 170,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 5,1 bilhões
Indústria: Telecomunicações

12. Louis Vuitton

Valor: US$ 39,3 bilhões
Variação em um ano: 17%
Receita: US$ 15,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 6,5 bilhões
Indústria: Artigos de luxo

13. Intel

Valor: US$ 38,8 bilhões
Variação em um ano: 14%
Receita: US$ 70,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,2 bilhão
Indústria: Tecnologia

14. Nike

Valor: US$ 36,8 bilhões
Variação em um ano: 15%
Receita: US$ 36,7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,6 bilhões
Indústria: Vestuário

15. Cisco

Valor: US$ 34,5 bilhões
Variação em um ano: 7%
Receita: US$ 49,3 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 166 milhões
Indústria: Tecnologia

16. GE

Valor: US$ 34,3 bilhões
Variação em um ano: – 8%
Receita: US$ 98,8 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Diversificada

17. Mercedes-Benz

Valor: US$ 33,2 bilhões
Variação em um ano: – 3%
Receita: US$ 125,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Automotiva

18. Oracle

Valor: US$ 32,2 bilhões
Variação em um ano: 4%
Receita: US$ 39,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 138,8 milhões
Indústria: Tecnologia

19. Verizon

Valor: US$ 31,7 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 130,9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,7 bilhões
Indústria: Telecomunicações

20. IBM

Valor: US$ 31,5 bilhões
Variação em um ano: – 2%
Receita: US$ 79,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,5 bilhão
Indústria: Tecnologia

21. BMW

Valor: US$ 29,8 bilhões
Variação em um ano: -5%
Receita: US$ 91,5 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Automotiva

22. SAP

Valor: US$ 28,7 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 29,1 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Tecnologia

23. Marlboro

Valor: US$ 28,5 bilhões
Variação em um ano: 7%
Receita: US$ 25,1 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 933 milhões
Indústria: Tabaco

24. Budweiser

Valor: US$ 27,2 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 12 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bebidas

25. Visa

Valor: US$ 26,9 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 20,6 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

26. Walmart

Valor: US$ 26,3 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 348,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,5 bilhões
Indústria: Varejo

27. American Express

Valor: US$ 26 bilhões
Variação em um ano: 13%
Receita: US$ 43,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

28. Honda

Valor: US$ 25,8 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 134,9 bilhões
Publicidade: –
Indústria: Automotiva

29. Pepsi

Valor: US$ 18,8 bilhões
Variação em um ano: 2%
Receita: US$ 9,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,6 bilhões
Indústria: Bebidas

30. Gucci

Valor: US$ 18,6 bilhões
Variação em um ano: 24%
Receita: US$ 9,8 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Artigos de luxo

31. L’Oréal

Valor: US$ 18,5 bilhões
Variação em um ano: 8%
Receita: US$ 10,9 bilhões
Publicidade:Investimento em publicidade: US$ 9,6 bilhões
Indústria: Cosméticos

32. Home Depot

Valor: US$ 18,1 bilhões
Variação em um ano: 11%
Receita: US$ 108,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 921 milhões
Indústria: Varejo

33. Hermès

Valor: US$ 18,1 bilhões
Variação em um ano: 18%
Receita: US$ 7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 352 milhões
Indústria: Artigos de luxo

34. Nescafé

Valor: US$ 17,9 bilhões
Variação em um ano: 4%
Receita: US$ 9,5 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bebidas

35. Starbucks

Valor: US$ 17 bilhões
Variação em um ano: 5%
Receita: US$ 24,7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 260 milhões
Indústria: Restaurantes

36. Accenture

Valor: US$ 16,6 bilhões
Variação em um ano: 12%
Receita: US$ 42,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 78 milhões
Indústria: Consultoria

37. Gillette

Valor: US$ 16,6 bilhões
Variação em um ano: – 3%
Receita: US$ 6,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 7,1 bilhões
Indústria: Produtos de higiene pessoal

38. Netflix

Valor: US$ 15,5 bilhões
Variação em um ano: 34%
Receita: US$ 15,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,8 bilhão
Indústria: Tecnologia

39. IKEA

Valor: US$ 15,3 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 45,8 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Varejo

40. Frito-Lay

Valor: US$ 14,7 bilhões
Variação em um ano: 2%
Receita: US$ 11,7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,6 bilhões
Indústria: Bens de consumo embalados

41. Audi

Valor: US$ 14,2 bilhões
Variação em um ano: – 4%
Receita: US$ 61,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Automotiva

42. Wells Fargo

Valor: US$ 14 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 101,1 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 857 milhões
Indústria: Serviços financeiros

43. Mastercard

Valor: US$ 14 bilhões
Variação em um ano: 13%
Receita: US$ 15 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 907 milhões
Indústria: Serviços financeiros

44. Siemens

Valor: US$ 13,8 bilhões
Variação em um ano: 8%
Receita: US$ 97,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Diversificada

45. CVS

Valor: US$ 13,7 bilhões
Variação em um ano: 4%
Receita: US$ 194,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 364 milhões
Indústria: Varejo

46. Zara

Valor: US$ 13,5 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 21,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Varejo

47. ESPN

Valor: US$ 13,1 bilhões
Variação em um ano: – 10%
Receita: US$ 11,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,8 bilhões
Indústria: Mídia

48. Ford

Valor: US$ 13 bilhões
Variação em um ano: – 8%
Receita: US$ 152,7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 4 bilhões
Indústria: Automotiva

49. HSBC

Valor: US$ 12,8 bilhões
Variação em um ano: 7%
Receita: US$ 82,7 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

50. Nestlé

Valor: US$ 12,6 bilhões
Variação em um ano: 7%
Receita: US$ 8,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bens de consumo embalados

51. UPS

Valor: US$ 12,6 bilhões
Variação em um ano: – 5%
Receita: US$ 71,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Transporte

52. HP

Valor: US$ 12,5 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 52,1 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Tecnologia

53. J.P. Morgan

Valor: US$ 12,4 bilhões
Variação em um ano: 4%
Receita: US$ 50,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,3 bilhões
Indústria: Serviços financeiros

54. Deloitte

Valor: US$ 12,4 bilhões
Variação em um ano: –
Receita: US$ 43,2 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços de consultoria

55. Fox

Valor: US$ 12,2 bilhões
Variação em um ano: 5%
Receita: US$ 14,5 bilhões
Investimento em publicidade: 392 milhões
Indústria: Mídia

56. Chase

Valor: US$ 11,7 bilhões
Variação em um ano: 14%
Receita: US$ 61,1 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,3 bilhões
Indústria: Serviços financeiros

57. Bank of America

Valor: US$ 11,6 bilhões
Variação em um ano: 12%
Receita: US$ 91,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,7 bilhão
Indústria: Serviços financeiros

58. H&M

Valor: US$ 11,5 bilhões
Variação em um ano: – 12%
Receita: US$ 24,2 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Varejo

59. Citi

Valor: US$ 11,4 bilhões
Variação em um ano: 12%
Receita: US$ 97,1 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,5 bilhão
Indústria: Serviços financeiros

60. Sony

Valor: US$ 11,3 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 66,9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 3,7 bilhões
Indústria: Tecnologia

61. Adidas

Valor: US$ 11,2 bilhões
Variação em um ano: 18%
Receita: US$ 23,4 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Vestuário

62. Porsche

Valor: US$ 11 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 30,4 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Automotiva

63. Chevrolet

Valor: US$ 10,7 bilhões
Variação em um ano: – 7%
Receita: US$ 80,6 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 4 bilhões
Indústria: Automotiva

64. Cartier

Valor: US$ 10,7 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 7,4 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Artigos de luxo

65. Pampers

Valor: US$ 10,6 bilhões
Variação em um ano: – 7%
Receita: US$ 8,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 7,1 bilhões
Indústria: Bens de consumo embalados

66. Adobe

Valor: US$ 10,5 bilhões
Variação em um ano: 27%
Receita: US$ 9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 174 milhões
Indústria: Tecnologia

67. Ebay

Valor: US$ 10,5 bilhões
Variação em um ano: 2%
Receita: US$ 9,7 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,4 bilhão
Indústria: Tecnologia

68. PwC

Valor: US$ 10,4 bilhões
Variação em um ano: –
Receita: US$ 41,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Consultoria

69. Colgate

Valor: US$ 10,3 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 5,3 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,6 bilhão
Indústria: Bens de consumo embalados

70. Corona

Valor: US$ 10,1 bilhões
Variação em um ano: 15%
Receita: US$ 6,6 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bebidas

71. Red Bull

Valor: US$ 9,9 bilhões
Variação em um ano: – 5%
Receita: US$ 6,5 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bebidas

72. Lexus

Valor: US$ 9,6 bilhões
Variação em um ano: 1%
Receita: US$ 23 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 4,6 bilhões
Indústria: Automotiva

73. T-Mobile

Valor: US$ 9,5 bilhões
Variação em um ano: 5%
Receita: US$ 43,1 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Telecomunicações

74. Lowe’s

Valor: US$ 9,3 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 71,3 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 963 milhões
Indústria: Varejo

75. Santander

Valor: US$ 9,2 bilhões
Variação em um ano: 7%
Receita: US$ 78,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 762 milhões
Indústria: Serviços financeiros

76. Danone

Valor: US$ 9,2 bilhões
Variação em um ano: – 8%
Receita: US$ 11,2 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bens de consumo embalados

77. PayPal

Valor: US$ 9,1 bilhões
Variação em um ano: 22%
Receita: US$ 15,5 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 484 milhões
Indústria: Tecnologia

78. Rolex

Valor: US$ 9,1 bilhões
Variação em um ano: – 2%
Receita: US$ 5,1 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Artigos de luxo

79. Chanel

Valor: US$ 9 bilhões
Variação em um ano: 12%
Receita: US$ 6,5 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Artigos de luxo

80. Goldman Sachs

Valor: US$ 9 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 52,5 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

81. Nissan

Valor: US$ 8,9 bilhões
Variação em um ano: – 6%
Receita: US$ 97,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,7 bilhões
Indústria: Automotiva

82. Costco

Valor: US$ 8,8 bilhões
Variação em um ano: 9%
Receita: US$ 141,6 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Varejo

83. Heineken

Valor: US$ 8,7 bilhões
Variação em um ano: 5%
Receita: US$ 6,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Bebidas

84. Uniqlo

Valor: US$ 8,6 bilhões
Variação em um ano: 14%
Receita: US$ 15,9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 637 milhões
Indústria: Vestuário

85. Lancôme

Valor: US$ 8,5 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 5,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 9,6 bilhões
Indústria: Cosméticos

86. KFC

Valor: US$ 8,5 bilhões
Variação em um ano: 14%
Receita: US$ 26,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 131 milhões
Indústria: Restaurantes

87. Caterpillar

Valor: US$ 8,3 bilhões
Variação em um ano: 15%
Receita: US$ 54,7 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Equipamento pesado

88. RBC

Valor: US$ 8,3 bilhões
Variação em um ano: 8%
Receita: US$ 44,3 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

89. FedEx

Valor: US$ 8,2 bilhões
Variação em um ano: 0%
Receita: US$ 69,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 442 milhões
Indústria: Transporte

90. Dell

Valor: US$ 8,2 bilhões
Variação em um ano: 10%
Receita: US$ 79,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,1 bilhão
Indústria: Tecnologia

91. Allianz

Valor: US$ 8,2 bilhões
Variação em um ano: 8%
Receita: US$ 126,7 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Serviços financeiros

92. Nivea

Valor: US$ 8,1 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 5,2 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,8 bilhão
Indústria: Cosméticos

93. Philips

Valor: US$ 8,1 bilhões
Variação em um ano: 6%
Receita: US$ 28,9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 1,3 bilhão
Indústria: Diversificada

94. Hyundai

Valor: US$ 8,1 bilhões
Variação em um ano: – 8%
Receita: US$ 88 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 2,1 bilhões
Indústria: Automotiva

95. Hewlett-Packard Enterprise

Valor: US$ 8,1 bilhões
Variação em um ano: –
Receita: US$ 30,9 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 568 milhões
Indústria: Tecnologia

96. LEGO

Valor: US$ 8,1 bilhões
Variação em um ano: 3%
Receita: US$ 5,8 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Lazer

97. Huawei

Valor: US$ 8 bilhões
Variação em um ano: – 4%
Receita: US$ 108,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Tecnologia

98. John Deere

Valor: US$ 8 bilhões
Variação em um ano: 15%
Receita: US$ 37,4 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 188 milhões
Indústria: Equipamento pesado

99. BASF

Valor: US$ 8 bilhões
Variação em um ano: – 7%
Receita: US$ 73,9 bilhões
Investimento em publicidade: –
Indústria: Diversificada

100. Kellogg’s

Valor: US$ 8 bilhões
Variação em um ano: – 2%
Receita: US$ 5,8 bilhões
Investimento em publicidade: US$ 752 milhões
Indústria: Bens de consumo embalados

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).